sexta-feira, janeiro 01, 2021

DIREITOS

 Deputada feminista argentina responde crítica de Bolsonaro: “muito boa a opinião que ninguém te pediu”.



Presidente brasileiro havia contestado a legalização do aborto na Argentina, aprovada pelo Senado do país nesta quarta. Parlamentar portenha ainda recordou Marielle Franco

As críticas de Jair Bolsonaro à legalização do aborto na Argentina, após aprovação de projeto a respeito nesta quarta-feira (30), foram rebatidas nesta quinta pela deputada kirchnerista Ofelia Fernández, uma das legisladoras símbolo do feminismo no país.

“Muito boa a opinião que ninguém te pediu”, retrucou Ofelia, em sua conta de Twitter.

A declaração faz referência ao fato de que o presidente brasileiro disse, nesta mesma quarta, que lamenta “pelas vidas das crianças argentinas, agora sujeitas a serem ceifadas no ventre de suas mães com anuência do Estado”.

A deputada portenha também aproveitou para recomendar a Bolsonaro “que não relaxe, que a força feminista latino-americana se soma no Brasil à fúria por Marielle. Sorte, que está só começando”.

Na quarta-feira, o Senado da Argentina aprovou a Lei de Interrupção Voluntária da Gravidez, que teve 38 votos a favor e 29 contrários, a qual estabelece que qualquer mulher grávida tem o direito de solicitar e realizar um aborto até a 14ª semana de gestação, sem qualquer condição para tanto. A partir de então, o aborto só pode ser autorizado em casos de estupro ou de risco de vida para a mãe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário