sexta-feira, janeiro 01, 2021

SEXO

 "EU GOSTO, VOCÊ NÃO?" - Sexo anal: por que alguns amam – e outros detestam.


O sexo anal ter se tornado mais comum nos últimos anos, nem todo mundo compartilha desse desejo de experimentá-lo, ou obtém tanto prazer com o ato quando tenta. Por que o sexo anal é uma questão tão polêmica?



Quem gosta o faz com todas as forças, e quem não gosta jura que nunca mais vai dar esse tipo de abertura. Confira a seguir seis possíveis explicações.



1. Tem corpos que simplesmente se negam. Pessoas com tendências a fissuras, hemorroidas e outras inconveniências podem sentir muita dificuldade em participar de atividades ligadas à bunda, como sexo anal.



2. Alguns parceiros são melhores que outros e ficar pelado na frente de alguém com a bunda pro ar é melhor que o parceiro seja alguém em que se pode confiar. Conseguir esse tipo de parceiro significa sentir-se à vontade para comunicar o que se quer e o que não se quer; o que é bom e o que não é.



3. Algumas pessoas entendem mais de bunda e se  você estiver na posição de receber o sexo anal, provavelmente é bom lembrar o parceiro para ir com calma. As pessoas que estão fazendo isso pela primeira vez, principalmente, precisam de tempo para se ajustarem à sensação de algo entrando num lugar que foi projetado para expelir coisas.



Algumas pessoas simplesmente não dispõem de informação o suficiente para serem capazes de alcançar uma experiência anal prazerosa



Essas pessoas nunca tiveram uma boa educação sexual sobre isso, e nunca ouviram que alguém que deseja obter prazer com o sexo anal provavelmente é capaz de obtê-lo.



Por sorte, há um método para se decifrar os mistérios do próprio ânus: masturbação. Uma sessão masturbatória em que você percorre todas as partes que você sabe que gosta, e daí explora aquele cuzinho bacana e isso vai ajudar a relaxar.



4. Alguns preparam-se mais que os outros. Quem gosta de se precaver pode optar por fazer um enema para deixar tudo limpo antes do sexo anal, além de deixar a bunda limpa, também traz confiança e segurança.



5. Há quem se atenha a estigmas. Algumas pessoas têm associações extremamente negatiavas ou temerosas a respeito do sexo anal.



Isso pode remeter a um medo da dor e uma crença de que sexo anal sempre machuca, o que simplesmente não é verdade. Sexo anal não tem nada a ver com sua orientação sexual. Tem a ver com seu cu e nada mais.



6. Tem quem quer, e quem não quer. As pessoas mais propensas a gostarem do sexo anal provavelmente são aquelas mais dispostas. Se você vai fazer sexo anal, faça por vontade própria, e depois pense em agradar o parceiro.


3 comentários:

  1. Well, I'm sure the visitors will think that this was pretty hot! 🔥

    Btw, Happy New Year to you all! 💯

    ResponderExcluir
  2. Happy New Queer🥳2021
    Thank you for your Awesome Blog❤

    ResponderExcluir
  3. Thank you very much, guys!
    Happy New!! Happy 2021!

    ResponderExcluir