quinta-feira, fevereiro 04, 2021

NOTÍCIAS DO MUNDO GAY

 Presidente turco ataca LGBTs durante discurso: “Não vamos levar para o futuro uma juventude LGBTQ+”.



Recep Tayyip Erdogan, presidente turco, atacou violentamente nesta segunda-feira (01/02) o movimento LGBTQ+, acusando-o de “vandalismo” e declarando que as juventudes de seu partido não o defendem.

“Vamos levar para o futuro não uma juventude LGBT, mas uma juventude digna da história gloriosa desta nação”, declarou Erdogan durante um discurso em Ancara destinado aos responsáveis de seu partido, o AKP (islâmico-conservador). “Vocês não fazem parte da juventude LGBT. Vocês não fazem parte desses jovens que cometem atos de vandalismo. Pelo contrário, são vocês que consertam os corações quebrados“, acrescentou.

A fala veio logo depois que quatro ativistas turcos foram presos, acusados de expor na Universidade Bogazici, em Istambul, um quadro que representava Kaaba (o lugar mais sagrado do islã) com um arco-íris. Os quatro foram acusados de “incitação ao ódio“. Dois estão em prisão domiciliar e outros dois continuam detidos. Embora a homossexualidade seja legal na Turquia, LGBTs costumam sofrer com o assédio moral.

Menina de 8 anos é expulsa de escola católica após dizer que estava apaixonada por colega.



Uma menina de 8 anos foi expulsa de uma escola primária cristã depois de contar a outra aluna que estava apaixonada por ela. Segundo a mãe da criança, Delanie Shelton, o incidente aconteceu na semana passada, quando Chloe Shelton, que frequentava o 2.º ano, na Rejoice Christian School, em Ohio, fez a revelação para a amiga.

De acordo com a CNN, Chloe foi retirada do recreio e passou as horas seguintes na sala da diretoria da escola. “Antes mesmo de me telefonarem, o vice-diretor disse a Chloe que a Bíblia diz que as mulheres só podem ter filhos com um homem”, disse Delanie a reportagem. “(O vice-diretor) me perguntou como eu me sentia sobre as meninas gostarem de meninas e eu disse a ele que não vejo nenhum problema nisso“.

No dia seguinte, Delanie recebeu ligação informando que a parceria da escola com sua família estava encerrada, o que significava não só a expulsão de Chloe, mas também de seu filho mais novo de cinco anos. “Eles me pegaram de surpresa. Eu estava com raiva, magoada, traída, triste… tantas emoções diferentes. Eu não conseguia acreditar”, disse Shelton. “Pedi (ao superintendente) que tivéssemos uma reunião para discutir e processar melhor. E ele recusou, dizendo que ‘não era necessário discutir mais nada’“, completa. Chloe ficou arrasada. Segundo a mãe, ela chorou e perguntou se Deus ainda a amava.

Em declaração, o superintendente Joel Pepin se recusou a comentar publicamente sobre o caso. “Devido à privacidade e outros fatores, é política da escola evitar comentários públicos sobre qualquer aluno ou família individual“, observou ele. O manual escolar afirma que “qualquer forma de imoralidade sexual” vai contra suas crenças. Incluindo “professar ser homossexual/bissexual“. Os alunos que não “se conformam aos padrões e ideais de trabalho e vida” na escola perdem o “privilégio” de frequentar, observa o manual.

Pedro Melo assume diretoria na Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil.



O ex-candidato a vereador pelo partido Cidadania, Pedro Melo, 37, assume o cargo de Diretor de Qualificação e Certificação na Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil, uma associação sem fins lucrativos que visa o desenvolvimento das relações comerciais e empresariais entre as pessoas físicas, brasileiras ou estrangeiras, para o desenvolvimento socioeconômico e cultural da diversidade.

https://gay.blog.br/wp-content/uploads/2021/02/pedromelosp_125901832_2698964793654539_7021156382325775428_n.jpg

Advogado formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e pós-graduado em Processo Civil pela Universidade Cândido Mendes e Administração de Empresas pela FGV/SP, Pedro substituirá Fê Maidel. 

Entre suas atividades, Melo trabalhará na implantação da credenciação de empresas que majoritariamente pertençam a empresários LGBTI+. 

O Programa que será implantado pela Câmara LGBT do Brasil também fará parte da rede global da NGLCC – National LGBT Chamber of Commerce (Câmara LGBT Americana), que reúne as câmaras da África do Sul, Áustria, Canadá, Colômbia, Costa Rica, Equador, Escandinávia, Escócia, Índia, Itália, México, República Dominicana, Uruguai e agora também Brasil. 

“Meu trabalho junto à Câmara LGBT é uma oportunidade de conhecer mais profundamente e ajudar no desenvolvimento de políticas afirmativas de inclusão de grupos historicamente excluídos no mercado de trabalho, através da empregabilidade ou da cadeia de suprimentos ligada a grandes corporações”, comentou Pedro Melo. 

Para desenvolver o trabalho, Pedro contará com um comitê formado por mais cinco pessoas: Tiago Milani, Alexandre Alvim, Carla J. Bergamini, Lucas Duarte e William Callegaro. “Não basta reclamar, decidi participar” Em agosto de 2020, o goiano anunciou sua pré-candidatura a vereador na cidade de São Paulo. 

Para ele, a renovação na política é questão urgente e traz como pilares de sua campanha a defesa da causa LGBT+, as questões de urbanismo, a promoção da cultura e a economia/geração de emprego e renda. 

Mulher trans é assassinada a tiros em Itajaí após discussão com suposto cliente.



Na madrugada de terça-feira (2), uma mulher transexual de 19 anos foi assassinada a tiros em Itajaí, no Vale. De acordo com a Polícia Militar, um homem disparou cinco vezes contra ela e fugiu. Segundo informações do portal G1, até o início da noite, nenhum suspeito havia sido preso.

Em relato à PM, uma testemunha contou que a mulher teria discutido sobre valores em dinheiro com um homem, que seria supostamente um cliente dela. Depois disso, o suposto cliente teria ido embora, e em seguida, outro homem foi até o local e disparou contra a vítima.

Tudo aconteceu na madrugada no bairro Cordeiros. Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou a ser acionada para socorrer a vítima baleada, mas constatou o óbito ainda no local. A PM informou também que a rua onde o crime aconteceu possui câmeras de monitoramento de um estabelecimento, que podem ser usadas para identificar o assassino.

A jovem vítima transsexual tinha 19 anos e a identidade não foi divulgada pela Polícia Militar, que não deu mais detalhes sobre a identificação ou localização de possíveis suspeitos do crime ocorrido durante a madrugada de terça, após uma discussão supostamente de cobrança sobre o valor de um programa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário