terça-feira, abril 13, 2021

DIREITOS

 Randolfe responde ameaça de Bolsonaro: “covarde que tem muito a esconder”.



O parlamentar foi às redes para explicar o objetivo da CPI, quais pontos devem ser investigados e que o presidente tem medo do resultado da investigação.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) foi às redes para explicar quais são os pontos que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid pretende investigar. Randolfe é o autor do pedido para a instalação da comissão, apresentado no início de fevereiro, que teve apoio de 31 senadores.

“Do que Bolsonaro tem medo? A CPI da Covid, afinal, só quer apurar, dentre outras coisas em relação à pandemia: 1. O atraso na compra de vacinas da Pfizer; 2. Falha grosseira na aquisição de seringas, insumos, equipamentos e na estruturação do Sistema de Saúde”, questionou o senador.
Na sequência, Rodrigues elencou mais 12 pontos que devem ser investigados e afirmou que o presidente da República tem medo das respostas.

Confira os 14 pontos a serem investigados na CPI da Covid, apontados por Randolfe Rodrigues:

1. O atraso na compra de vacinas da Pfizer. 
2. Falha grosseira na aquisição de seringas, insumos, equipamentos e na estruturação do Sistema de Saúde
3. Gasto exacerbado com medicamentos sem eficácia comprovada.
4. Aglomerações causadas pelo presidente e sua comitiva em todo o país. 
5. Em meio à pandemia, superfatura nas compras do Governo. 
6. Omissão diante das mortes por falta de oxigênio em Manaus.
7. Negligência diante da escassez do kit intubação. 
8. Incompetência na distribuição de vacinas, especialmente em relação à logística. 
9. Negacionismo, discurso de sabotagem às medidas de isolamento. 
10. O não uso e o incentivo ao não uso de máscaras.
11. Tentativa de maquiar número de mortes por COVID. 
12. Falta de transparência na divulgação de casos. 
13. Ataques aos poderes. 
14. Desgaste das relações internacionais que nos garantiriam melhor negociação de vacinas.

Resposta a Bolsonaro

“Será que Bolsonaro tem medo da resposta de algum desses questionamentos? O povo está morrendo, e não temos tempo pra brincar de poder público. Precisamos salvar vidas, vacinar, colocar comida na mesa e estancar imediatamente essa crise!”, disse o senador.

No fim da thread, o Randolfe afirmou que a violência é uma saída para os covardes. “A violência costuma ser uma saída para os covardes que têm muito a esconder. Não irão nos intimidar! Especialmente porque sabemos que a fraqueza desse governo está em todos os âmbitos. Nossa única briga será pelo povo! Pela vacina e por comida na mesa!”, criticou.

A violência costuma ser uma saída para os covardes que têm muito a esconder. Não irão nos intimidar! Especialmente porque sabemos que a fraqueza desse governo está em todos os âmbitos. 

Nossa única briga será pelo povo! Pela vacina e por comida na mesa!https://t.co/3uke2KpFuK

— Randolfe Rodrigues 🇧🇷💉🥖 (@randolfeap) April 12, 2021

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) divulgou na manhã desta segunda-feira (12) trecho inédito da conversa que teve com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a CPI da Covid. Na conversa, Bolsonaro fala em “ir para porrada” com o senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP).

No trecho, que foi divulgado pela Band, Kajuru afirma que, “se a CPI for revanchista”, ele “faz questão de não participar”. Bolsonaro responde: “Se você não participa, a canalhada do Randolfe Rodrigues vai participar. E vai começar a encher o saco, aí vou ter que sair com um bosta desse”, disse o presidente.

Foi Kajuru que apresentou junto com o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) o mandado de segurança apresentado no STF que obteve a liminar do ministro Luís Roberto Barroso.

Flávio Bolsonaro vai representar contra Kujuru no Conselho de Ética por divulgação de áudio.



Para o parlamentar, o senador quebrou o decoro parlamentar ao gravar e divulgar conversa com o presidente

O senador Flávio 0Bolsonaro (Republicanos-RJ) vai entrar com uma representação no Conselho de Ética do Senado contra o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) por ter divulgado conversa que teve com o presidente Bolsonaro (sem partido) sobre a CPI da Covid.

Para o senador Flávio Bolsonaro, Kajuru deve ser punido por quebra de decoro parlamentar após gravar e tornar pública uma conversa com o presidente.

Segundo informações do jornal O Globo, o presidente Bolsonaro não tinha ideia de que estava sendo gravado e foi pego de surpresa com a divulgação do áudio feito pelo senador Kajuru.

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) divulgou neste domingo (11) uma conversa que teve com o presidente Jair Bolsonaro sobre a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, que tem como objetivo investigar a atuação do governo do presidente Jair Bolsonaro diante da pandemia que já deixou mais de 340 mil mortes. O senador foi um dos que acionou o STF pela instalação da comissão.

Ao contrário do que prevê o requerimento da CPI, apresentado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Kajuru disse ao presidente que pretende investigar também governadores. “Eu vou mudar o objetivo da CPI. Eu quero ouvir os governadores. Eu só não quero que o senhor [Jair Bolsonaro] me coloque no mesmo joio”, disse.

Um comentário:

  1. Randolfe idiota, não pensa no país, o que vale são seus interesses.

    ResponderExcluir