sexta-feira, abril 09, 2021

MINHA VIDA GAY

 Ator Ronen Rubinstein se declara bissexual.



Atualmente, o ator de "9-1-1: Lone Star" está namorando a também atriz Jéssica Parker Kennedy, sendo que, segundo ele, foi ela quem o estimulou a "sair do armário"

O ator Ronen Rubinstein (27), mais famoso por ter interpretado o policial gay TK Strand na série “9-1-1: Lone Star”, concedeu uma entrevista à Variety e revelou ser bissexual.

“Eu me identifico plenamente como bissexual” – disse o ator – “Eu fico literalmente arrepiado ao dizer isso. E me sinto muito bem, me sinto bem em finalmente estar à vontade para dizer isso”.


Ronen Rubinstein e Rafael L. Silva como seus personagens em cena da série 9-1-1: Lone Star 

Rubinstein contou também que ficava preocupado com a repercussão das suas cenas românticas com o ator Rafael L. Silva (interpretado  por Carlos Reyes), alertando amigos e familiares sobre os episódios com cenas “mais quentes” entre ambos.



“Eu e o Carlos tínhamos uma cena imensa de pegação, a gente se empurrava pelas paredes tirando a roupa”, lembra Rubinstein sobre uma dessas cenas. “Era muito quente e o episódio começava assim. E não parava. A gente trombava nas paredes e terminava no sofá. Avisei os meus pais e meus amigos durante meses”.

“Eu disse, ‘olha só, entendo se vocês não quiserem ver, pode ser que vocês digam algo realmente ignorante, estúpido ou apenas não queiram ver, eu também entendo isso'”, disse o ator.



Na época em que filmava as cenas ele não queria expor sua orientação sexual, mas foi graças a série que ele começou a se aceitar e entender que ele se sentia atraído por homens e mulheres.

“A grande questão para mim é que de onde vim, pessoas como eu, pessoas que se identificam como bissexuais ou gays, não são bem-vindas. E essa é a verdade mais brutal. Ou você aceita um monte de xingamentos para qualquer lugar que vá ou então eles chutam a sua bunda porque você é gay”.

“Então, definitivamente, sempre tive medo em aceitar os meus sentimentos. Fui mais consciente deles na época do colégio. Eu tinha consciência dos meus sentimentos e do meu interesse por homens, mas não podia falar com ninguém sobre isso. Os fãs, especialmente os fãs do ‘Tarlos’, são uma das principais razões para eu me sentir finalmente seguro e confortável para falar sobre isso, aceitar isso e me sentir feliz”.

https://gay.blog.br/wp-content/uploads/2021/04/captura_de_tela_2021-04-08_as_06.15.33.jpg
Ronen Rubinstein e Rafael L. Silva como seus personagens em cena da série 9-1-1: Lone Star

Atualmente, Ronen Rubinstein está namorando a também atriz Jéssica Parker Kennedy, sendo que, segundo ela, foi ela quem o estimulou a “sair do armário”.

“Na verdade ela foi uma das primeiras pessoas que, respeitosamente, me chamou atenção para isso”, contou Rubinstein. “Ela me perguntou, ‘há alguma coisa sobre a qual precisamos conversar?’. E eu disse, ‘talvez’. Eu não sabia como essa conversa iria terminar, mas foi a provavelmente a melhor conversa possível”.


Jessica Parker Kennedy e Ronen Rubinstein em um evento em Los Angeles

“Ela definitivamente me encorajou a falar sobre isso e viver a minha verdade. Ela me disse, ‘eu te amo por quem você é, você inteiro e as pessoas vão te amar por quem você é e por você inteiro’. Ela de vez em quando brinca, ‘apenas não me troque pelo Harry Styles’”.


Rob Lowe e Ronen Rubinstein em cena de 9-1-1: Lone Star

“Recebemos presentes de internautas de todo o Brasil”, conta casal trans ao ter filha biológica.


Izabella nasceu pesando 3.110 kg e com 50 centímetros

O homem trans Rodrigo Brayan da Silva deu à luz, de parto normal, a sua filha Izabella Victória, em Montes Claros, no Norte de Minas, na madrugada do dia 6 de abril. As informações são do G1.

Sempre imaginava como ia ser o rostinho dela, passamos nove meses na expectativa por esse momento” – disse Rodrigo.

A namorada dele há um ano e quatro meses, a também trans Ellen Carine, esteve ao lado de Rodrigo o tempo todo. Ambos chegaram ao hospital às 10h30 de segunda-feira, e oito horas depois ele entrou em trabalho de parto.

Ele estava com 39 semanas, e a previsão era pra nascer no dia 12. Fomos pegos de surpresa quando chegamos no hospital e descobrimos que a bolsa tinha estourado. Foi preciso tomar medicamentos para induzir o parto, e as contrações começaram”, conta Ellen Carine Martins da Silva Maciel.

Depois de algumas horas, a menina Izabella nasceu pesando 3.110 kg e com 50 centímetros. Após cortar o cordão umbilical, a mãe teve a filha nos braços pela primeira vez.

“Assim que o bebê nasce, é colocado pra ter contato com o corpo humano e decidimos que o contato seria comigo, que sou a mãe. Ela foi direto para o Rodrigo até o cordão umbilical ser cortado, depois veio para os meus braços e ficou uma hora comigo. Tudo que estava acontecendo parecia um conto de mágica, a equipe do hospital foi incrível. Só saía lágrimas”. – disse Ellen.

“Fiquei tranquilo durante o parto e deu tudo certo. Mantive a calma o tempo todo, só fechava o olho e pedia a Deus pra passar logo. Poder segurar ela pela primeira vez foi um alívio, por ter dado tudo certo e ver que minha filha estava bem. Agora só pensamos em ir pra casa, pra conhecer o cantinho dela e dar muito carinho e atenção”, disse Rodrigo.


Sendo um desejo antigo de ambos, para conseguirem fazer Rodrigo engravidar da filha, eles pararam de tomar hormônios e fizeram diversas tentativas ao longo de seis meses.

“Ele engravidou de forma natural, nós dois paramos de tomar hormônios. Ele parou porque já tinha conseguido as características masculinas e eu parei para conseguir engravidar. No sétimo mês tentando, deu certo”, disse Ellen, que acrescenta que ambos querem ter um segundo filho.

Ambos criaram uma conta no Instagram e no YouTube chamada “Gestação Trans” e receberam diversos presentes do Brasil inteiro.

“Lojas de todo o Brasil entraram em contato dizendo que clientes estavam comprando presentes para enviar. Abrimos uma caixa postal e as doações passaram a chegar de toda parte” – disse Ellen.

Nenhum comentário:

Postar um comentário