terça-feira, abril 13, 2021

 "VAMOS TRANSAR NA RUA?" - O que é o dogging?

Dogging. Você já ouviu essa palavra alguma vez? Não, não é Dogging de ‘passear com o cachorro’. Acredite, há outra definição para essa expressão e ela está ligada à um contexto sexual. Ainda não sabe o que é? Então, fique ligado!


O termo Dogging nasceu em meados da década de 1970, na Inglaterra, e é uma prática que combina voyeurismo e exibicionismo, mas, como uma característica diferença: o ato – sexo – é realizado sempre ao ar livre. Isso mesmo! Em áreas públicas ou semi públicas.



Os adeptos dessa tendência costumam ir para alguma área pública tarde da noite e com pouca circulação, como praças ou parques, até estacionamentos, e lá começam a ter relação ou se exibir para desconhecidos – na maioria, homens – que se masturbam ao redor, enquanto assistem tudo.



Assim como o próprio voyeurismo, a excitação vem justamente da exposição diante estranhos e da quebra de regras que é transar num lugar completamente inusitado, no caso, a rua. 



A sensação do proibido e o medo de ser descoberto (até porquê, transar em locais públicos dá cadeia), provoca a libido e pode proporcionar um prazer mais intenso. Por essa razão, o Dogging tem evoluído tanto e ganhado cada vez mais adeptos, afinal de contas, quem nunca teve vontade de se enroscar na rua?



Tal como toda e qualquer prática sexual, o Dogging também possui regras, principalmente, por ser uma atividade ilegal. Os praticantes marcam encontros pela internet, em sites ou fóruns voltados ao tema, e escolhem o lugar. As pessoas geralmente optam por carros, pois, além de mais prático, é um espaço mais “intimo” no ambiente urbano.



Existem exceções, claro, mas isso vai de cada casal e dos limites que são estabelecidos entre si e os outros envolvidos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário