sexta-feira, maio 07, 2021

SEXO

 "QUERO TIRAR O MEU CABAÇO!" - COMO DEIXAR DE SER VIRGEM

A virgindade é algo que deve ser bem intimo, não deve sofrer pressão de amigos, ou terceiros e nem dos valores da sociedade, que insistem que o homem a deva perder cedo. 


O ato de ser penetrado por um pênis é descrito como algo assustador até o momento quando o passivo se sente invadido por um corpo estranho.



Ou queira ou não, é algo que marca uma nova fase da vida.



Meu conselho é que a passagem do virgem para o não virgem, seja feita com alguém que você confia, que entenda que é um momento de emoção, mas acima de tudo de inseguranças, medos, questionamentos como deva acontecer.



A partir dai as sensações são descritas de acordo com o nivel de prazer alcançado por cada um e a entrega é total.



Alguém que te deixe a vontade, que saiba conduzir e também esperar minuto a minuto essa transformação.



Faça com alguém que não queira te usar, para depois dizer “peguei um virgemzinho, tirei o “cabacinho dele”. Isso é ruim demais.



Quanto a pergunta sobre o sexo anal, você tem realmente que ter vontade de o fazer, as vezes a gente até não o faz por medo, tabús, por não querer ser taxado de passivo, eu por muitos anos só fui ativo, na verdade, eu prefiro é as preliminares, mas ultimamente fui passivo, e não tenho vergonha disso. 



Tanto para quem vai ser passivo, quanto para quem vai ser o ativo, este instante, o importante é tentar encontrar jeitos e posições que sejam confortaveis para os dois, e principalmente para o passivo.



Não vá com cede ao pote. Seja paciente, use de artifícios como gel lubrificante a base de água, que vende-se em farmácias e drogarias. Acima de tudo, use camisinha! 



O gel vai facilitar, e também os dois interagindo, para encontrar uma posição que torne o ato prazeroso e sem dor é o caminho.



Então o conselho é que esse momento seja natural, na hora que melhor lhe convir, e que com espontaneidade.



Um comentário: