terça-feira, junho 22, 2021

MINHA VIDA GAY

 O Sr. Miller é gay?



Drew Miller

Uma grande parte de quem eu sou e como me defino pode ser resumida em uma palavra: professor. Eu sou louco pelo que faço. Tenho ensinado saúde e educação física nos últimos cinco anos e me sinto muito feliz por estar apaixonado por minha profissão. 

Por mais forte que fosse minha conexão com meus alunos e colegas de trabalho, sempre havia algo que permanecia desconhecido para eles. Fechar-me por 27 anos como profissional adulto foi um desafio, e eu acreditava que não poderia ser abertamente gay e continuar a ser respeitado e amado como professor.

 Em outubro de 2015, deixei um emprego de professor em uma grande escola rural, a Chambersburg High School, principalmente porque queria explorar minha sexualidade e não acreditava que poderia sair de onde estava e ser aceita e amada. Eu estava muito preocupado em saber como meus alunos e colegas de trabalho reagiriam. Ensinar EF acrescentou o elemento de estar no vestiário, e eu fiquei petrificado ao pensar nos alunos ou pais pensando que eu era um pervertido e espionando seus filhos.

 Quando uma nova oportunidade surgiu em outubro, eu me inscrevi e agarrei a oportunidade para ensinar no Brooklyn, onde atualmente resido. Foi tão difícil ir embora, mas eu estava pronto para ser eu e para me tornar mais aberto no Brooklyn e os desafios que me aguardavam.

Apenas meus amigos mais próximos sabiam que eu era gay, mas eu vim para o mundo com uma postagem no Facebook no dia de ano novo de 2016. Eu estava com um cara que estava namorando secretamente e postei em um restaurante de sushi e, em seguida, coloquei minha.

 Desliguei o telefone e não verifiquei por duas horas até voltar para casa (estava nas férias de inverno). Quando finalmente chequei meu telefone, tinha cerca de 900 curtidas e comentários, e cada declaração era amorosa, positiva e encorajadora. Eu chorei, e ainda olho para trás e leio as declarações quando estou tendo um dia ruim. Como pude duvidar tanto das pessoas em minha vida? Eu estava com tanto medo do que todos pensariam que nem sequer considerei que poderia ser aceito e amado.

Todos e suas mães comentaram sobre meu status, incluindo alguns de meus ex-alunos (que se formaram e agora eram amigos do Facebook), então a notícia se espalhou rapidamente por Chambersburg e, antes que eu percebesse, recebi e-mails, ligações, mensagens no Facebook e textos todos mostrando amor e apoio de ex-filhos. Todos disseram que não importava, que ainda me amavam e que estavam muito felizes por mim, e nada poderia mudar isso. Significou muito mais do que eu jamais poderia articular.

Recentemente, tive a oportunidade de voltar e visitar Chambersburg HS nas férias de meio do inverno, e pude falar com todos os meus ex-alunos e até mesmo compartilhar minha história com alguns que perguntaram a respeito. Nunca em toda a minha vida eu pensei que poderia me orgulhar, e até mesmo compartilhar minha história com os alunos! Foi uma experiência irreal.

Antes de deixar Chambersburg e me mudar para o Brooklyn, sempre houve especulações sobre minha orientação sexual. Os alunos perguntavam se eu tinha namorada, se era gay, etc., porque naturalmente eles são muito curiosos e eu entendo isso. Agora posso dizer a todos os meus filhos e ao mundo: sou gay e estou feliz. Não me arrependo nem um pouco da minha decisão de me mudar para o Brooklyn, embora uma parte de mim sentisse que estava fugindo para enfrentar a situação. Só lamento ter dado mais crédito e confiança à minha antiga comunidade. Quando você sabe que as pessoas se preocupam e amam você, as pequenas coisas (como sua orientação sexual) não importam no longo prazo.

Cantor venezuelano Francisco León assume homossexualidade: “Sonhei com este momento”.



Francisco León é um popular cantor pop venezuelano, modelo e apresentador de TV. E, ao que parece, ele também é gay! Nesta sexta-feira (18/06), o artista de 39 anos postou um vídeo de três minutos no Instagram revelando sua sexualidade publicamente pela primeira vez.

“Levei muitos anos para contar sobre a minha verdade”, escreveu ele na legenda. “Hoje os convido a serem tolerantes, amorosos, respeitosos, mas acima de tudo humanos. (…) Sempre quis falar com o coração. Eu amo! E sim, sou gay“, continuou León. “Sempre fui um conciliador, um lutador com boas causas e honesto com as pessoas que estão ao meu redor. Quero te dizer, para tirar algumas dúvidas que tenho visto lá no Instagram, que sou homossexual”. León disse que sempre “sonhou com este momento” e que é “libertador” finalmente falar a sua verdade. “Quero ser um testemunho daquelas pessoas que lutaram e se revelaram apesar das circunstâncias e que são amadas por sua família e amigos”, disse ele. “Obrigado, obrigado por ouvir.”

A carreira de León disparou em 2004, quando ele participou e venceu a competição Mister Venezuela. A conquista do título abriu as portas para uma carreira na TV, que incluiu apresentar o programa matinal de duas horas Portada’s de 2005-2007. Em 2008, ele lançou seu primeiro álbum. E em 2013 representou a Venezuela no Festival Internacional de Canção de Viña del Mar. Seu segundo álbum foi lançado em 2015.

Datena tira jornalista do armário ao vivo: “Você é bi ou é gay?”




Gay. Totalmente homossexual", respondeu o jornalista Alex Sampaio.

Durante o programa Brasil Urgente deste dia 16 de junho, o apresentador José Luiz Datena expôs que o comentarista do Melhor da Tarde, Alex Sampaio, é gay. As informações são do canal Na Telinha.

Cátia Fonseca provocou o apresentador argumentando que ele precisava arrumar um relacionamento para seu colega de programa. Datena pediu para as interessadas mandar propostas para o rapaz no Facebook oficial dele e, minutos depois, o comentarista resolve dizer que não gosta de meninas.

“Eu estava pensando da gente abrir um pouco essa segmentação das pessoas interessadas, se é que o senhor me compreende… Acho que a gente pode deixar nossas queridas amigas sempre felizes e bonitas assistindo o Brasil Urgente, mas os rapazes estão animados também…”, disse Alex.

Datena então respondeu: “Ah…ele gosta de meninos? Você tem que falar logo no começo. Eu não sabia. O Alex então está interessado em meninos e não em meninas, mas você é bissexual ou homossexual?”.

Alex então disse: “Gay. Totalmente homossexual”. Após o ocorrido, vários homens entraram no perfil de Datena no Facebook querendo mandar mensagens para o Alex.

Nenhum comentário:

Postar um comentário