sábado, junho 25, 2022

Ayrton Senna Herói nacional

 

Eternamente Ayrton Senna do Brasil e do nosso coração!! 

Nunca mais a fórmula 1 foi a mesma. 

Nunca mais teve emoção. Melhor piloto da história da fórmula 1.

Fonte da matéria

https://www.ebiografia.com/ayrton_senna/

Enviada por email por Dimas 

Tema da vitoria 

Tocada no piano por Stop Red Music

 Ayrton Senna




Ayrton Senna (1960-1994) foi um  piloto brasileiro de Fórmula 1. Ídolo do automobilismo conquistou três vezes o campeonato mundial, em 1988, 1990 e 1991. 

Morreu no auge da carreira, pilotando no circuito de Ímola, na Itália.


Ayrton Senna da Silva nasceu em São Paulo, no dia 21 de março de 1960. 


Filho de empresário do ramo metalúrgico, com quatro anos de idade ganhou seu primeiro kart. 

Com sete anos começou a treinar no kartódromo de Interlagos, em São Paulo.

Início da carreira



Ayrton Senna iniciou sua carreira automobilística com o patrocínio de seu pai. Conquistou diversos títulos correndo no Kart: foi campeão paulista na categoria júnior, campeão brasileiro e campeão sul-americano, além do vice-campeonato mundial em 1979 e 1980.

Em 1981 Senna ingressou na Fórmula Ford. Logo no primeiro ano foram 20 provas em três competições, conquistando 12 vitórias. Em 1982, já na Ford 2000 disputou os campeonatos britânicos e europeus, quando quebrou todos os recordes.

Nas seis primeiras corridas do ano conquistou a pole position, com vitórias de ponta a ponta e realizou a volta mais rápida dos circuitos. Os números finais impressionaram, foram 22 vitórias, 18 poles, as 22 voltas mais rápidas e 516 pontos conquistados em 28 provas.

Em 1983 Senna assinou com a F-3 inglesa tendo conquistado nove vitórias.

consecutivas, um recorde mundial.


Fórmula 1

Em 1984 Ayrton Senna ingressou na Fórmula 1, pela equipe Toleman e na segunda competição já conquistou seu primeiro ponto. No final da temporada, além de 13 pontos conquistados subiu três vezes no pódio.


Morte de Ayrton Senna




No dia 1 de maio de 1994, na sétima volta do circuito de Ímola, na Itália, durante o Grande Prêmio de San Marino, o carro de Senna, voando a 300 km/h, chocou-se contra o muro de proteção na curva Tamburello, provocando a morte do piloto.

A morte de Ayrton Senna sensibilizou o país inteiro. No dia 4 de maio o caixão com seu corpo foi retirado de dentro do avião e coberto com uma bandeira do Brasil. Transportado em um carro do Corpo de Bombeiros foi levado do aeroporto para a Assembleia Legislativa, escoltado por quinze batedores, e acompanhado por milhares de pessoas, que prestaram a sua última homenagem ao ídolo.

Ayrton Senna foi enterrado no Cemitério do Morumby, em São Paulo, no dia 5 de maio de 1994.

Em 10 anos de Fórmula 1, Senna disputou 116 corridas, conquistou 65 pole positions e venceu 41 competições. Conquistou seis vezes o GP de Mônaco, sendo chamado "O Rei de Mônaco".

Um comentário:

  1. Meu Eterno Ídolo. Nunca mais assisti a F-1: É Insubstituível! Até pilotos estrangeiros atuais veneram ele e quando a prova é na Itália comentam da comoção que sentem quando passam pelo local do acidente! Tão dedicado era, que sentiu não estar bem para a prova, mas correu pelo compromisso profissional a cumprir!

    ResponderExcluir